Denúncias (86) 98848-1916

Curta no Facebook

Conheça nosso Instagram

Acesso nossos vídeos

Faça sua doação

Política de Proteção Infantil

Código de Ética e Conduta 

Associe-se

Ao Poeta A. Sampaio pelo seu Centenário

Por Vitória Santos e Artur Miranda

Historiador, autodidata e poeta, – Antônio Sampaio Pereira, nascido no município de Barras-Piauí em 1923, mas reconhecido como filho da Terra da Boa Esperança, completaria seus 100 anos de vida no último dia 21 de agosto. Sua bondade e feitos fizeram seu nome ser lembrado como um dos grandes personagens na história da sua amada cidade de Esperantina.

Antônio Sampaio em visita a instituição, julho 2006

Ele foi o primeiro padrinho da instituição e doava mensalmente centenas de litros de leite para as crianças a crianças que passavam necessidade. O saudoso poeta, com seu grande coração, ficou marcado como um dos primeiros benfeitores da AMARE.

Antônio Sampaio, ao lado de sua esposa Genoveva

Por ocasião do seu centenário de nascimento, AMARE nunca esqueceu de seu benfeitor, e de suas grandes obras, e homenageou em suas redes sociais sua inestimável trajetória e lembrou seus poemas que testemunham a generosidade de coração e seu brilhantismo na leitura do caráter humano.

Seus grandes amigos em vida, o secretário de educação municipal de Esperantina, Valdemir Miranda e Johannes Skorzak, gerente e fundador da AMARE, mostraram o impacto que o poeta tivera em suas vidas em um emocionante depoimento.

Estarão previstas ainda para o segundo semestre, atividades que envolvam as grandes obras do saudoso poeta, levando às crianças o sentimento de seus poemas, e um lado de Esperantina, tão amada pelo poeta, com suas obras deixadas na história da então pequena cidade.

Destacamos ainda, que em 14. / 15 de novembro de 2003, AMARE realizou, em cooperação com as escolas municipais e estaduais, um movimento cultural, até então sem precedentes, o concurso de poesia e teatro da cidade de Esperantina e região, em homenagem aos 80 anos do escritor.

Concurso de Poesia e Teatro, novembro 2003

Em toda sua trajetória e por toda a sua obra, Antônio Sampaio deu visibilidade histórica e identidade  cultural a Esperantina.  Amare homenageou o poeta com suas obras em destaque, no desfile cívico de 7 de setembro.

Na faixa, o destaque “Ser poeta é ter na alma uma partícula divina”, característica do tão carismático poeta.